Jaraguá do Sul: onde comer e beber

A gente mora aqui e curte a cidade sempre que dá. Aqui vão algumas dicas de lugares, sempre atualizado. Tudo sem links: gostou, te vira pra procurar onde fica.

Wissen: nosso atual lugar preferido. Ambiente lindo e cervejas especiais direto das chopeiras, num esquema de cartão pré pago em que você mesmo se serve. Pra ficar curtindo, conversando, experimentando, descobrindo. Na hora de ir embora, simplesmente chame o Uber e vá, não precisa esperar a conta.

Stannis Pub: Porão descolado com cervejas de fabricação própria e bons hambúrgueres e petiscos. Rola música ao vivo e azaração, se você curte isso. A gente sempre vai cedo que é pra fugir dessas coisas nefastas.

Quick Dog: lanchonete tradicional da cidade. Sanduíches, cerveja gelada e ambiente simples. A porção de frango a passarinho ou o bife com ovo são ótimos pra dividir com mais gente e dar aquela engraxada nas veias.

Taverna Game of Lords: Mistura de hamburgueria com casa de jogos de tabuleiro. Dá pra jogar o que quiser, de War a jogos mais moderninhos, enquanto come e bebe.

Macuco Sinuca: Muitas mesas pra jogar, grandes porções de petisco e cerveja gelada pra animar a jogatina.

Tasca Vô Manuel: restaurante português de verdade, casal de donos é pura simpatia no atendimento. Pra uma refeição completa, entrada, prato principal e sobremesa.

Casarão: pizzaria antiga e honesta. Uma das menos piores pizzas da cidade (a realidade é dura pra quem gosta de pizza e mora aqui), e um bifão a parmegiana que vale a pena se você estiver em um grupo de oito ogros famintos.

Ponto do Chiquinho: Comida nordestina de primeira, atendimento mais caloroso e simpático que a média local. Encha o bucho de baião de dois e seja feliz.

Petit Jardin: Bistrô charmoso e romântico, ideal pra casaizinhos apaixonados por risoto.

Cheers Irish Pub: pub bonito em frente ao shopping.

Via gastronômica: Arriba (mexicano), Jack American Bar (hambúrguer), Gold Burguer, Boulevard  763 (food trucks). Lugares em que a decoração é mais legal que a comida, mas quebram um galho se você estiver pela área.

Praça Rippa: Food trucks se revezam no espaço, então não dá pra indicar nenhum em especial. Mas o ambiente é uma delícia quando o clima ajuda.

Shopping: é shopping, né. A melhor coisa que você pode comer aqui é a pipoca do cinema. Mas se você bobear e não almoçar até às 13h, só aqui vai encontrar comida.

Cervejaria Murara: é em Guaramirim, cidade vizinha, mas é super perto e vale pelo hamburguer tradicionalzão e as cervejas locais.

Café e etc

Posto Grid: a melhor coxinha do mundo.

Posto Mime: o melhor pão de queijo da cidade.

Zabu: café de várias procedências, sucos naturais, salgados, sanduiches e bolos muito bons. Pra comer e curtir a conversa.

Grafipel: café com livros, a melhor combinação possível. Quem tem criança pequena pode aproveitar os sábados de manhã pra tomar um café sossegado enquanto os pequenos assistem as contações de história.

Melânia: uma das cucas mais tradicionais da cidade. A de chocolate, apesar de nem tão tradicional como a de banana, é de comer xingando em alemão.

Pão Brasil: padaria com o melhor ciabata da cidade, café honesto e sempre cheio.

Strudel Haus: Café Colonial bem típico alemão da colônia. É mais afastado, no caminho pra Pomerode. Ideal ir de Uber e voltar a pé, pra queimar as milhões de calorias consumidas.

Confeitos e Afetos: Além do café, dos sanduíches, doces e bolos deliciosos, tem mesas embaixo da árvore e a melhor vista do rio. Aliás, um dos poucos lugares da cidade (fora as casas particulares) onde você pode sentar e apreciar o rio enquanto toma um café.

Spessatto: Buffezão de sorvete bom e barato, com vista pro trilho e pro calçadão.

Pra almoçar

Hotel Itajara: buffet bem variado, bem temperado, bastante salada e conforto. Tudo o que você precisa pra um almoço durante a semana

Naturart: PF de comida natural. Meio prato já mata a fome com sobra. Nosso preferido é o peixe frito.

Mãejerona: buffet natural, com muitas opções sem gluten, sem lactose, vegetariana, vegana, tudo com muita criatividade e sabor.

Alegrim: PF de comida natural gourmet. Sempre tem receita nova no cardápio e os pratos são muito bem servidos.

Bodega Richter: PF chique, mas com preço bom. Ambiente gostoso e bonito, numa casa antiga. Pra ir com mais tempo.

Parque Malwee: pra um almoço com mais tempo, os dois restaurantes do parque são uma opção clássica. Comida alemã, pesada, de preferência acompanhada de uma cerveja.

Post atualizado em junho/2019

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s