Um pedal com recompensa frita

Pra sair do sofá e do ar condicionado o programa tem que valer a pena e de preferência envolver comida e bebida. No Pesque e Pague Will tem os dois e ainda vara, isca e anzol pra quem gosta de pescar a própria comida. Dá pra chegar de bike também, subindo o Rio Molha, num pedal bem clássico da galera de Jaraguá.

A subida do Molha merece cuidado na parte de asfalto, porque não tem acostamento, mas se você tem fé pode se sentir protegido pelas capelas numeradas que marcam o caminho. E quando se chega na estrada de terra, dá pra esquecer que estamos tão perto do centro de uma cidade de 150 mil habitantes, indústrias gigantes e seus caminhões barulhentos.

Se liga na descida, tem pontos de alta velocidade e curvas fechadinhas. O movimento costuma ser pequeno, mas sempre tem algum carro ou tobata subindo. No fim dela, ainda tem alguns km de estrada de chão e arrozeira. Na volta, saindo do Will, pegue a direita depis da ponte se estiver querendo voltar rápido. Se a barriga não estiver tão cheia, peque a esquerda e se divirta na pequena serra.

Garanto que a porção de peixe frito e os pastel de tilápia ficam muito mais gostosos quando você pedala 20km pra chegar neles. (e sim, eu sou de São Paulo, então eu falo “os pastel”)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s